Andar a pé na cidade - viver devagar

Não posso considerar que tenha um estilo de vida "slow" dado que não consigo aplicar o conceito todos os dias da semana.

Tenho um trabalho stressante, sou obrigada a levar carro para o trabalho e chego ao final da semana com a sensação que andei sempre a correr.

Se gosto? Não, detesto. Mas de momento é esta a minha realidade.

O que faço para contrariar? O fim de semana é vivido ao ritmo do corpo, especialmente das pernas :)

O carro é utilizado ao mínimo...e muitas vezes nem é utilizado.

Quais as vantagens? Não há stress com filas e má disposição dos outros condutores e posso observar TODOS os pormenores dos sítios por onde ando.


A maioria das pessoas passa pelos sítios a correr...até o turismo hoje é descartável...perde-se mais tempo a tirar fotos que a observar. Não que não goste de fotos e recordações, mas há coisas tão interessantes para reter e muitas delas não há foto que capte.

Por exemplo, quem olha para os telhados?

Se não o fizesse não repararia nas clarabóias lindas que há espalhadas no Porto!



Se gostaria de fazer isto todos os dias? Claro que sim, mas se não posso para quê viver a pensar nisso?

Viver o momento, o que temos. Adaptar e ser feliz. O passado já foi e o futuro ainda não chegou.

Ana


A manta da ML

A ML só chegará no Natal, mas uma manta quentinha já está à sua espera.

E teve direito a sessão fotográfica pelo Porto ;)

Jardim de S. Lázaro, Porto
Reparem no chão do coreto do jardim ;) Não é lindo!?


Voltando à manta ;) todos os tecidos usados podem ser encontrados na Riera Alta.

A mamã já tinha um esquema de cores escolhido, por isso a base das cores foi o rosa, o cinza e amarelo mostarda, sendo que os tecidos foram todos escolhidos a partir do Rosa Mollis Golden da Tilda


Escolhidos os tecidos, cortei em rectângulos de tamanhos aleatórios e uni em barras de 20 cm.

Jardins do Palácio de Cristal, Porto
No verso da manta abusei do cinza pois apaixonei-me por este tecido :)


O viés foi todo feito com retalhos que sobraram da manta...deu uma trabalheira, mas valeu todos os segundos!


A manta foi entregue e aprovada pela mamã e aguarda serenamente a chegada da ML.



Ainda que parecesse uma maluquinha, foi um prazer fotografar esta manta pelos jardins do Porto :)


Ana

Adaptação

Adaptar para seguir em frente, sempre.



Wallpaper pode ser descarregado AQUI

Outubro, Outono, Focus



Focus no Hoje.

Wallpaper pode ser descarregado aqui

Obrigado Anna pela inspiração que partilhas todos os dias, por me fazeres parar e reflectir.

Endometriose - 3 meses depois da cirugia

(Não conhecem a minha história? Leiam tudo aqui sobre o meu caminho até um diagnóstico de endometriose)

Passaram 3 meses da minha cirurgia, e o que mudou?

Basicamente a minha qualidade de vida e esse era o grande objectivo desta decisão.

Após 3 ciclos, as dores resumem-se agora ao primeiro dia em níveis perfeitamente aceitáveis que quanto muito exigem um paracetamol para dormir.

Se tenho agora uma vida completamente normal? Não.

Sintomas como a fadiga, a dificuldade de concentração, as alterações intestinais, o inchaço, a ciática...continuam cá, apenas tendo diminuído a intensidade.

É o cenário perfeito? Claro que não, mas é o possível dentro de uma doença que não tem cura e que, por opção própria, não quero enveredar por medicação hormonal.

Porque só posso seguir em frente se conseguir aceitar esta realidade, este tem sido o meu foco.

O yoga e a meditação têm sido a melhor opção a todos os níveis, visto que me dão ferramentas para enfrentar a ansiedade, atingir o equilíbrio e viver o presente.

Porque neste instante que vos escrevo tudo está bem, o passado já não existe e o futuro também não!

:)

Cosmética natural

A minha busca por produtos de cosmética naturais começou há uns anos e à data de hoje o único que ainda não foi substituído a 100% é o desodorizante.

Se numa primeira fase a forma mais simples de fazer esta transição era fazendo os meus próprios produtos, como falei aqui no Simplifica, este método rapidamente se tornou inviável.

Isto levou-me a uma busca de alternativas de compra e a Circulo Bio foi a minha escolha para todos os produtos durante muito tempo.

No entanto, felizmente começaram a surgir artesãos portugueses a lançar marcas com produtos de confiança totalmente naturais.

Já não sei como me cruzei com a Folium, mas o nome despertou-me a curiosidade e fui conhecer. Dai à primeira encomenda foi um ápice pois fiquei encantada com os produtos oferecidos e com a filosofia da marca.


Abrandar


A nortada cortante e a descida das temperaturas deram-me a oportunidade de praias desertas, onde posso parar, meditar e agradecer.


Tento a todo o custo guardar o cheiro, o vento frio na cara e a paz na minha memória. Para quando tiver de regressar ao mundo real.

Regressar a sítios bonitos - Guimarães

Quando gosto muito de um determinado sitio, tendo a voltar lá várias vezes.

Já tinha estado em Guimarães há uns 5 ou 6 anos e nestas férias caseiras apeteceu-me lá voltar.

É curioso como os nossos olhos vêem os mesmo espaços de perspectivas diferentes :)

O ponto inicial tinha de ser o Castelo. Adoro história e ADORO castelos. Este naturalmente que é especial.


Setembro a meio gás

A vida profissional este ano trocou-me as voltas e as habituais férias de inicio de Julho foram transferidas para Setembro.

É estranho para mim. Setembro é habitualmente mês de recomeços e não de abrandamento...

Praia também já não apetecia, pelo que foi mesmo pelo Porto que fiquei...

Tenho descoberto sítios novos, como o Areinho que só tinha visitado uma vez para um concerto.